Debut: Kasper / Kassy

E finalmente a Kasper fez seu debut. De fato ela não foi um dos maiores destaques bons do Unpretty Rapstar, mas dá para perceber que ela tem potencial e ela gosta de cantar.

Confesso que fiquei surpresa com o debut, pois eu não tinha lido nada sobre isso e acabei achando o MV por causa de vídeos recomendados do Youtube (sim, ele acerta nas sugestões as vezes hahaha). A boa notícia é que ficou bem melhor que o esperado haha A batida ficou beem legal, mas tem uma partes do vocal que ficaram um pouco estranhas para mim, mas depois de escutar algumas vezes, eu acabei acostumando.

Outra surpresa muitooo legal foi a Kassy! Ela com certeza foi uma das mais injustiçadas no Unpretty Rapstar e acabou saindo cedo do programa, mesmo tendo gente pior que ela na competição. Não dá para ver muito pelo teaser, mas me pareceu que vai ser meio a vibe de I Do da Jenyer, com bastante vocal, mas mais animada haha

Debut: Dreamcatcher – Chase Me

Contrariando a onda de grupos fofos e inocente, Dreamcatcher veio com o conceito “terror”. Eu achei meio estranho, mas compreensível visto que coreanos gostam de filmes de terror.

Sinceramente não estava esperando muita coisa e não estava com muita vontade de assistir, mas pra mim esse tem grandes chances de estar na minha lista de surpresas de 2017!

Misturando vozes suaves com um pouco de rock, eis que as meninas lançaram Chase me:

Pelo trailer, eu pensei que seria um pouco mais assustador, mas no final é bem tranquilo hahaha é muito bonito para ser um filme de terror, sabe?

Antes de falar sobre a música, preciso deixar claro meu ponto de vista sobre música. Música é algo que você escuta porque faz te faz ou é apropriada para os seus sentimentos no momento… não há necessidade de entender a letra, pois muitas vezes o ritmo e a entonação da voz já é o suficiente, ou também há casos que a letra é tão bonita que tanto faz a melodia.

Antes de ouvir kpop, eu ouvia muito jrock (como a maioria das pessoas da minha idade que passaram a ser fãs de jrock). E bem, minha banda preferida é o the GazettE que tem um som meio pesado, com screamos e letras pesadas, que eu continuo gostando muito, mas não ouço com a mesma frequência de antes, simplesmente por eu estar em uma fase diferente da minha vida. Quando eu era super fã de jrock eu era pré-adolescente, estava passando por várias mudanças biológicas/psicológicas e era o jrock que me fazia sentir bem. Já em 2007 eu estava já no colegial, tive meu primeiro contato com kpop e desde então nunca mais parei de ouvir.

O que eu gosto dessa música de Dreamcatcher é que ela fica exatamente no meio desses dois estilos. Ao mesmo tempo que ela traz o lado suave do kpop, também traz o lado pesado do jrock, trazendo um equilíbrio perfeito entre esses dois estilos. Não deu para perceber muito o potencial vocal delas e as vozes são um pouco parecidas, não parece que o grupo tem tantas meninas.

Não tenho certeza se o estilo musical será mantido, afinal esses grupos não costumam obter bons ranks, então pode ser que em algum momento elas se tornem mais um grupo comum de kpop. Torcendo para que isto não aconteça haha

Quero muito assistir à continuação 🙂

DEBUT 2017: LOOΠΔ

Hoje encontrei uma notícia do koreaboo  sobre o quando a agência BlockBerry investiu no novo grupo Loona, que está previsto para 4 mi dólares até o debut delas, que será neste ano.

Primeiro, fiquei meio assustada, pois é bastante dinheiro para um rookie grupo, mas eles resolveram investir bastante na produção pelo jeito, já que elas viajaram para outros países para gravar/tirar fotos. O que me preocupa mesmo, é saber quando elas vão conseguir pagar esse investimento e começar a receber pagamento, pois agência menores costumam explorar bastante os grupos de kpop.

A primeira garota a ser revelada foi a HeeJin que inclusive lançou uma música solo bem legal! Não vi nenhuma notícia sobre ela na época de lançamento, mas achei a música muito boa! A parte vocal é bem única, o que me faz lembrar um pouco de Mamamoo. Seria legal um grupo de 12 meninas com a pegada de Mamamoo… já chega do conceito cute e inocente, tiveram mil grupo assim já #preguiça

Esse clipe é bem interessante, pois usa o conceito da Alice no país das maravilhas e graças ao bom Deus, não vi ninguém falando que era cópia da IU (provavelmente os fãs coreanos dela são menos chatos que os Red Velvet que sempre inventam que o grupo está sendo copiado, como se elas tivessem registrado alguma patente sobre algo hahaha)

A HyunJin e HaSeul também lançaram seus solos, mas são músicas mais lentas, então natural que façam menos sucesso que Vivid.

Juntas, as meninas também fizeram alguns lançamentos, que ficaram um pouco mais “vendável”, mas continuam boas. Fora isso, uma é de natal… e sinceramente, acho que não tem uma música natalina de kpop que seja do meu gosto haha

Vendo tantos debuts e vídeos, dá para entender onde serão gastos 4 mi de dólares, afinal são 12 meninas… até apresentar todas, vai demorar hahaha O bom disso é que vai dar para ver bem o talento de cada uma, pois nesses grupos a música fica muito picada e as meninas acabam cantando entre 30 e 10 segundos cada.

Vale a pena acompanhá-las, pois parecem que o grupo vai ter meninas talentosas de fato. Só espero que a produtora não estrague as músicas, mas pelo jeito estão trilhando um bom caminho 🙂

 

COMEBACK/DEBUT: Jenyer (Jiyoon) – I Do

Para quem não conhece, a Jiyoon fazia parte do grupo 4 minute que se desfez esse ano. É possível que você conheça o 4 minute mas não a Jiyoon, já que todos os esforços da Cube era para promover a Hyuna e não as outras integrantes… e sinceramente, o termino desse grupo foi o melhor que poderia acontecer para a Jiyoon, que agora voltou como Jenyer.

Eu nunca fui a maior fã de 4 minute e gostava basicamente de duas músicas: Hate e Crazy. Mas eu sempre gostei muito de Unpretty Rapstar e misteriosamente a Cube mandou a Jiyoon para participar da segunda e edição. No começo foi um pouco triste, pois ela se atrapalhou e pareceu ser meio fraca diante das outras concorrentes, mas conseguiu ir para a semi final e fez uma das apresentações mais legais da competição, na minha opinião. Vale MUITO a pena assistir! Com a participação do Jeong Ilhoon do BTOB 🙂

obs: Ela foi uma das idols mais fofas e esforçadas que já vi ❤

Quando 4 minute acabou, eu fiquei um pouco preocupada com o destino dela pois as agências pareciam não dar muita importância para ela, então imaginei que seria difícil ela conseguir uma boa agência e fazer um debut solo. Maasss ainda bem que deu tudo certo e eu fiquei muito surpresa quando ela começou a anunciar o comeback dela.

E outra que me deixava muito chateada é que a Jenyer é muito bonita e a Cube simplesmente escondia a menina. Sinceramente não dá para entender qual é a dessa agência.

여러분들은 #내가해 에 #자석 처럼 끌리게 될 것이다. #이얍 👻

A post shared by Jenyer. 전지윤 🦋🦋 (@jenyerjiyoon) on

Eis que o MV finalmente saiu! Ela lindissima de cabelo comprido e maquiagem leve ❤ Para surpresa de todos, cantando MUITO! Eu não fazia ideia que a voz dela fosse tão bonita :O senti falta do rap, claro, mas a música está perfeita assim. Escutem!

#jenyerfighthing